michel-temer

O Globo divulga imagens da operação da PF que registrou entrega de propina para primo de Aécio Neves

Imprimir

O Globo divulga imagens capturadas nas operações controladas da Polícia Federal a partir da delação da JBS, a mais dura em três anos de Lava-Jato. Nelas, o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), destacado pelo presidente Michel Temer para tratar com Joesley Batista dos interesses de seu grupo empresarial, é flagrado pegando R$ 500 mil em propina — a primeira parcela de um montante prometido de R$ 480 milhões. As cenas abaixo mostram esta entrega, ocorrida em 28 de abril deste ano. Vale lembrar que por ser uma operação controlada os números de série das notas foram informados aos procuradores e o caminho do dinheiro pode ser rastreado. Nesse mecanismo o flagrante do crime é calculado de maneira que seja produzida uma determinada prova. Nessa investigação, a PF acompanhou, com câmeras e escutas, a entrega de dinheiro para intermediários de Temer e de Aécio.

Temer Globo Loures 1

Temer Globo Loures 2

Outras imagens divulgadas pelo site do Globo são do primo do Senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), Frederico Pacheco de Medeiros, pegando, a mando de Aécio, R$ 1,5 milhão em propina — três quartos dos R$ 2 milhões que Aécio pediu, sem saber que era gravado, para Joesley. As cenas abaixo mostram a primeira entrega, ocorrida em 12 de abril deste ano.

Aécio Fred Propina 1

Aécio Fred Propina 2

Aécio Fred Propina 3

 

Compartilhe no Whatsapp! Copie e cole este link no seu smartphone:     http://bit.ly/2qBVsVF

A segunda entrega para o primo de Aécio ocorreu em 19 de abril.

Fred Aécio propina 4

Fred Aécio propina 5

Fonte: O Globo

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Justiça tem que ser para todos


Os últimos 33 anos no Brasil tiveram a marca indelével de três partidos: MDB, PSDB & PT. Neste interregno, quase tudo de bom, quase tudo de mau que ocorreu em terras brasilianas teve a participação da tríade.

Ler mais

Serie eleições 2018: priorizar o resgate da política.


O principal desafio da sociedade e das instituições, além dos próprios candidatos ao pleito de 2018, é superar a desilusão com a política. É preciso resgatar a importância da principal ou da única forma de resolução dos problemas coletivos fora do emprego da violência.

Ler mais

Por enquanto, espontânea e rejeição é o que interessa nas pesquisas


O alvoroço em torno das pesquisas de intenção de voto se justifica. Afinal, o grau de credibilidade de alguns institutos de pesquisa, como o Datafolha, torna-se um dos poucos referenciais concretos diante do achismo de palpiteiros.

Ler mais