agenda-politica-brasileira

Câmara pode votar MP com mudanças no Funrural

Imprimir

1. A Câmara dos Deputados pode votar a Medida Provisória nº 793/17, que facilita a renegociação das dívidas de produtores rurais com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). Veja detalhes da MP em entrevista com o Senador Waldemir Moka (PMDB/MS) para o Canal do Boi.

Veja outros destaques da agenda política de hoje:

2. Governo, bancos e poupadores voltam a se reunir para tentar um acordo sobre o pagamento das alegadas perdas com os planos econômicos instituídos nas décadas de 1980 e 1990.

3. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, o juiz federal Sérgio Moro, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) participam, entre outros, de evento em São Paulo.

4. O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, participa pela manhã, em São Paulo, do Fórum UE-Brasil de Negócios Verdes, promovido pela União Europeia (UE). Em seguida, terá reunião com a diretora do Clima da UE, Yvon Slingenberg, e também com executivos da Accenture no Brasil. À tarde, ainda na capital paulista, Ilan Goldfajn terá reunião com representantes do Ministério da Fazenda na regional do Banco Central.

5. O presidente da Petrobras, Pedro Parente, participa de palestra na Associação Comercial de São Paulo, onde falará sobre os novos rumos da empresa.

6. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga a bandeira tarifária que vai vigorar em dezembro.

7. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga a Sondagem Industrial.

8. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) divulga pesquisa com indicadores sobre o mercado imobiliário e traça projeções para 2018.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Justiça tem que ser para todos


Os últimos 33 anos no Brasil tiveram a marca indelével de três partidos: MDB, PSDB & PT. Neste interregno, quase tudo de bom, quase tudo de mau que ocorreu em terras brasilianas teve a participação da tríade.

Ler mais

Serie eleições 2018: priorizar o resgate da política.


O principal desafio da sociedade e das instituições, além dos próprios candidatos ao pleito de 2018, é superar a desilusão com a política. É preciso resgatar a importância da principal ou da única forma de resolução dos problemas coletivos fora do emprego da violência.

Ler mais

Por enquanto, espontânea e rejeição é o que interessa nas pesquisas


O alvoroço em torno das pesquisas de intenção de voto se justifica. Afinal, o grau de credibilidade de alguns institutos de pesquisa, como o Datafolha, torna-se um dos poucos referenciais concretos diante do achismo de palpiteiros.

Ler mais