agenda-politica-brasileira

Advogados de Temer apresentam ação contra Joesley Batista

Imprimir

Os principais eventos desta segunda-feira são os seguintes:

1. O presidente Michel Temer viaja para a Rússia e a Noruega e deve retornar ao Brasil na sexta-feira (22).

2. Os advogados do presidente Michel Temer apresentam ação penal e civil contra Joesley Batista (JBS), que em entrevista à Revista Época afirmou que o presidente é chefe de organização criminosa.

3. O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, faz palestra em São Paulo, às 9h, durante encontro com investidores organizado pelo Bradesco. Depois, tem reunião com executivos do Banco Tokyo-Mitsubishi UFJ. À tarde, encontra-se com o diretor de Renda Fixa da Bahia Asset, Marcelo Mendes, e, na sequência, conversa por videoconferência com executivos da Pimco. Por fim, tem reunião com executivos da Itaú Asset Management.

4. A Comissão Parlamentar de Inquérito da Previdência do Senado ouve representantes dos cinco bancos que mais devem à Previdência Social: Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica e Banco do Brasil. Juntas, as instituições financeiras devem mais de R$ 1,3 bilhão.

5. O relator da Reforma Previdenciária na Câmara, Arthur Maia (PPS-BA) faz palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP) sobre a reforma.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem dinheiro para os rábulas


O Estadão publicou no último dia 27 de março levantamento sobre a posição de 14 candidatos à Presidência da República em relação à possibilidade de prisão em segunda instância. A chamada esquerda votou contra a atual, e frágil, jurisprudência.

Ler mais

O Sistema Político Brasileiro faliu e precisa ser reinventado


O Sistema Político Brasileiro, por razões estruturais e operacionais de suas instituições, é um dos mais complexos, fragmentados, caros e ineficientes do mundo. Ademais, o Parlamento convive diuturnamente com episódios de corrupção, vulnerabilidade aos lobbies e captura pelo Executivo.

Ler mais

Os ratos da Lava-Jato e o apartheid carcerário


Quando decidiram que era tarde da noite para decidir sobre a prisão em segunda instância, os juízes da Suprema Corte abriram uma brecha para a soltura dos meliantes do erário. Se decretarem a alforria de ladrões graúdos, os onze supremos sufetas estarão sepultando a Lava-Jato.

Ler mais

A lógica do paternalismo e o Estado controlador


A influência que a esquerda exerce sobre as redações, a academia e o mundo artístico propaga conceitos ideológicos como se fossem verdades certificadas. Quem discorda é patrulhado por “especialistas” arregimentados pela mídia em geral – que, mais das vezes, busca quem confirme sua tese.

Ler mais