brasil-politica

Murillo de Aragão: “Seria melhor Marco Aurélio renunciar”

Imprimir

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de afastar o senador Renan Calheiros da presidência da Casa é gravíssima com repercussões negativas na economia e na política. A avaliação é de Murillo de Aragão, sócio da Arko Advice. “É uma decisão institucional temerária. Faltou equilíbrio ao Marco Aurélio, que jogou uma crise política no País. Seria melhor ele renunciar ao posto”, avaliou.

O segundo ponto, disse, em sendo uma decisão temerária, gerou uma reação da Mesa Diretora do Senado em não aceitá-la. “Evidentemente, que essa situação vai se acalmar. É preciso encontrar uma saída”, disse.

Diante dessa expectativa de se encontrar uma solução para esse “grave problema” no curto prazo, o cientista político acredita que a votação da PEC do teto de gastos irá acontecer. “Claro que, enquanto essa questão não for superada, a votação fica pendente. Porém, acredito que a medida será aprovada ainda este ano”, estimou.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Democracia representativa x democracia substantiva


Com a investida do neoliberalismo sobre o Estado de bem estar social, o debate acerca da crise da democracia representativa e da distinção entre democracia representativa – procedimental, institucional ou formal – e a democracia substantiva se intensificou no Brasil e no mundo.

Ler mais

Série eleições 2018: atributos do candidato


Do mesmo modo que o eleitor deve votar consciente, o candidato deve observar que atributos realçar no processo eleitoral, especialmente para atrair a atenção e transmitir segurança e confiança ao eleitor. Neste texto chamamos atenção para as motivações, características, habilidades e qualidades

Ler mais

Justiça tem que ser para todos


Os últimos 33 anos no Brasil tiveram a marca indelével de três partidos: MDB, PSDB & PT. Neste interregno, quase tudo de bom, quase tudo de mau que ocorreu em terras brasilianas teve a participação da tríade.

Ler mais