agenda-politica-brasileira

Agenda Política Brasileira: Moro ouve Palocci

Imprimir

O ex-ministro Antonio Palocci, preso na 35ª fase da Operação Lava Jato, será ouvido pelo juiz Sério Moro. Os principais eventos desta quinta são:

1. Último dia para veiculação de propaganda eleitoral gratuita em rádio e TV com vistas às eleições municipais. A TV Globo realiza debates em algumas cidades do país.

2. O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, reúne-se com o presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Leonardo Porciúncula Gomes Pereira. Depois encontra-se com o presidente da Casa da Moeda, Alexandre Borges Cabral.

3. Sindicatos de metalúrgicos de diversas regiões do país fazem paralisação nacional contra mudança na legislação trabalhista, em especial a regularização da terceirização e a reforma da Previdência.

4. O STF julga Recurso Extraordinário que questiona a incidência de Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) sobre as atividades de planos de saúde.

5. O Tesouro Nacional divulga o resultado das contas do governo central em agosto.

6. O Banco Central divulga o resultado das contas do setor público consolidado em agosto.

7. FIESP divulga indicador de Nível de Atividade de Agosto.

8. FMI divulga estudo sobre governança nas empresas de países emergentes.

9. Reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN).

10. Divulgação do IGP-M de setembro.⁠⁠⁠⁠

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem dinheiro para os rábulas


O Estadão publicou no último dia 27 de março levantamento sobre a posição de 14 candidatos à Presidência da República em relação à possibilidade de prisão em segunda instância. A chamada esquerda votou contra a atual, e frágil, jurisprudência.

Ler mais

O Sistema Político Brasileiro faliu e precisa ser reinventado


O Sistema Político Brasileiro, por razões estruturais e operacionais de suas instituições, é um dos mais complexos, fragmentados, caros e ineficientes do mundo. Ademais, o Parlamento convive diuturnamente com episódios de corrupção, vulnerabilidade aos lobbies e captura pelo Executivo.

Ler mais

Os ratos da Lava-Jato e o apartheid carcerário


Quando decidiram que era tarde da noite para decidir sobre a prisão em segunda instância, os juízes da Suprema Corte abriram uma brecha para a soltura dos meliantes do erário. Se decretarem a alforria de ladrões graúdos, os onze supremos sufetas estarão sepultando a Lava-Jato.

Ler mais

A lógica do paternalismo e o Estado controlador


A influência que a esquerda exerce sobre as redações, a academia e o mundo artístico propaga conceitos ideológicos como se fossem verdades certificadas. Quem discorda é patrulhado por “especialistas” arregimentados pela mídia em geral – que, mais das vezes, busca quem confirme sua tese.

Ler mais