oposicao

Oposição não tem votos para impeachment

Imprimir

A oposição anda preocupada com o rumo do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Faz reunião de emergência com o ex-presidente Fernando Henrique Cardozo, nesta sexta-feira (1), para mapear os votos favoráveis ao impedimento de Dilma. Entre caciques tucanos, a avaliação é que a oposição não tem o número de deputados suficientes para alcançar o quórum de 342 votos para o impeachment.

Lula comanda articulação

O ex-presidente Lula encerra a semana como importante articulador político do governo federal. No início da semana, antes do rompimento do PMDB, deputados e senadores aliados se recusavam a encontrá-lo. Na quinta-feira (31), os parlamentares indecisos procuravam o ex-presidente. Lula, outra vez, socorre a presidente Dilma.

Quem dá mais

Está intensa a oferta de ministérios para os partidos aliados. O senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional do PP, se comprometeu com a bancada da Câmara a não aceitar nenhuma pasta até 11 de abril. Pode até não aceitar, mas vem negociando mais espaço no governo Dilma. Após a janela de transferência partidária, o PP chegou a 51 deputados, a terceira maior bancada da Câmara.

Fundos de pensão

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que discute irregularidades nos fundos de pensão apresentará o relatório final em 7 de abril. É o que garante o presidente da CPI, deputado Efraim Filho (DEM-PB).

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem dinheiro para os rábulas


O Estadão publicou no último dia 27 de março levantamento sobre a posição de 14 candidatos à Presidência da República em relação à possibilidade de prisão em segunda instância. A chamada esquerda votou contra a atual, e frágil, jurisprudência.

Ler mais

O Sistema Político Brasileiro faliu e precisa ser reinventado


O Sistema Político Brasileiro, por razões estruturais e operacionais de suas instituições, é um dos mais complexos, fragmentados, caros e ineficientes do mundo. Ademais, o Parlamento convive diuturnamente com episódios de corrupção, vulnerabilidade aos lobbies e captura pelo Executivo.

Ler mais

Os ratos da Lava-Jato e o apartheid carcerário


Quando decidiram que era tarde da noite para decidir sobre a prisão em segunda instância, os juízes da Suprema Corte abriram uma brecha para a soltura dos meliantes do erário. Se decretarem a alforria de ladrões graúdos, os onze supremos sufetas estarão sepultando a Lava-Jato.

Ler mais

A lógica do paternalismo e o Estado controlador


A influência que a esquerda exerce sobre as redações, a academia e o mundo artístico propaga conceitos ideológicos como se fossem verdades certificadas. Quem discorda é patrulhado por “especialistas” arregimentados pela mídia em geral – que, mais das vezes, busca quem confirme sua tese.

Ler mais