ajuste

Perspectivas para as medidas do ajuste fiscal

Imprimir

As medidas de ajuste fiscal anunciadas pela equipe econômica na semana passada são, neste momento, as prioridades do governo. Grande parte delas depende de aprovação do Congresso Nacional. Essa agenda emergencial reduz ainda mais a chance de aprovação da Reforma da Previdência, que é uma reforma mais estrutural.

As medidas têm mais chance de serem aprovadas porque o quórum exigido para tal é de maioria simples. Já a Reforma da Previdência exige 3/5 da Câmara (308 votos) e do Senado (49).

Mas a Reforma da Previdência ainda tem chance, desde que seu escopo seja reduzido. E o governo já percebeu isso. O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, disse (18) que o ideal seria a aprovação da reforma conforme o texto que saiu da Comissão Especial, sob a relatoria do deputado Arthur Maia (PPS-BA). Mas, no caso de novas negociações, o Planalto não abre mão da idade mínima para a aposentadoria e da regra de transição.

Os líderes aliados também informaram ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que não será possível votar a Reforma da Previdência agora.

Mesmo as medidas de ajuste fiscal necessitando de um quórum de aprovação menor, não significa que será fácil aprová-las.

medidas_ajuste_fiscal

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem dinheiro para os rábulas


O Estadão publicou no último dia 27 de março levantamento sobre a posição de 14 candidatos à Presidência da República em relação à possibilidade de prisão em segunda instância. A chamada esquerda votou contra a atual, e frágil, jurisprudência.

Ler mais

O Sistema Político Brasileiro faliu e precisa ser reinventado


O Sistema Político Brasileiro, por razões estruturais e operacionais de suas instituições, é um dos mais complexos, fragmentados, caros e ineficientes do mundo. Ademais, o Parlamento convive diuturnamente com episódios de corrupção, vulnerabilidade aos lobbies e captura pelo Executivo.

Ler mais

Os ratos da Lava-Jato e o apartheid carcerário


Quando decidiram que era tarde da noite para decidir sobre a prisão em segunda instância, os juízes da Suprema Corte abriram uma brecha para a soltura dos meliantes do erário. Se decretarem a alforria de ladrões graúdos, os onze supremos sufetas estarão sepultando a Lava-Jato.

Ler mais

A lógica do paternalismo e o Estado controlador


A influência que a esquerda exerce sobre as redações, a academia e o mundo artístico propaga conceitos ideológicos como se fossem verdades certificadas. Quem discorda é patrulhado por “especialistas” arregimentados pela mídia em geral – que, mais das vezes, busca quem confirme sua tese.

Ler mais