agenda-politica-brasileira

STF julga se PF pode formalizar delações premiadas

Imprimir

1. O Supremo Tribunal Federal (STF) julga se a Polícia Federal tem legitimidade para formalizar acordos de delação premiada. O STF também julga a constitucionalidade de norma que “flexibiliza” as relações de trabalho ao disciplinar o contrato por prazo determinado.

Veja outros destaques da agenda do dia:

2. O presidente Michel Temer sanciona lei do novo Fies. O evento conta com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho.

3. O Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, participa de café da manhã com jornalistas.

4. A Comissão Mista de Orçamento realiza audiência pública para debater o deficit da Previdência Social com os ministros do Planejamento, Dyogo Oliveira, do TCU, Vital do Rêgo Filho, com o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, entre outros.

5. Reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

6. O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, participa de evento do Ministério da Transparência e da Controladoria-Geral da União sobre as principais ações e resultados contra corrupção em 2017.

7. Veiculação do programa partidário do PR, em cadeia de rádio e TV, com duração de dez minutos.

8. Os ministros Gilmar Mendes e Luiz Fux do Supremo Tribunal Federal e o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, participam de evento que vai discutir as novas regras eleitorais e a influência da internet nas eleições de 2018.

 

9. O Dieese divulga o Índice do Custo de Vida de São Paulo (ICV) em novembro.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Para vencer, Haddad precisa virar 10 milhões de votos em Bolsonaro


Se quiser ocupar o 3º andar do Palácio do Planalto a partir de 2019, Fernando Haddad (PT) precisará convencer 10 milhões de eleitores que tencionam votar em Jair Bolsonaro (PSL) a mudar de lado. O cálculo é baseado na última pesquisa do Datafolha de intenção de voto divulgada nesta quarta

Ler mais

De acordo com Ibope e Datafolha, eleitores apoiam a Velha Política


Pelo visto, o eleitor está satisfeito com os velhos políticos. Pesquisas de intenção de voto – tanto as majoritárias (abundantes) quanto as proporcionais (escassas) – apontam que políticos de velha cepa continuarão no comando dos executivos estaduais e das assembleias legislativas.

Ler mais

Datafolha e Ibope calculam 48 milhões eleitores pensando


As duas últimas pesquisas de intenção de voto do Datafolha (02/10) e Ibope (29-30/10) indicaram nova redução no número de eleitores pensando. São votantes que, na pesquisa espontânea, votam branco, nulo, não sabem ou não responderam.

Ler mais