clipping-politica-brasileira

Leitura Obrigatória: Temer faz discurso sobre meta de inflação

Imprimir

Numa tentativa de demonstrar força política, o presidente Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais, nesta sexta-feira, para comemorar a aprovação de medidas importantes para o governo e a redução da meta de inflação. Apesar do discurso, a reforma da Previdência, principal bandeira da gestão Temer, segue paralisada no Congresso, pronta para ir a plenário. Veja o vídeo completo:

Aécio no Senado e Loures em casa

A defesa de Rocha Loures, pediu ontem no Supremo Tribunal Federal (STF), que o deputado afastado tivesse o benefício da prisão domicilar. Edson Fachin foi além e concedeu liberdade ao “deputado da mala” que está às vésperas de ser pai.

Em outra decisão inesperada, o ministro do Supremo, Marco Aurélio Mello, negou o pedido de prisão e devolveu o mandato de senador à Aécio Neves. Ele poderia também voltar ao comando do PSDB do qual se licenciou na época das denúncias, no entanto lideranças do partido, como Geraldo Alckmin, não apoiam sua volta.

Balcão de negócios

Após denúncia contra o presidente Michel Temer ser lida na Câmara dos Deputados, ele prorrogou prazo de pagamento de emendas parlamentares impositivas referentes ao exercício financeiro de 2015.

O limite para o pagamento dos chamados restos a pagar expirava nesta nesta sexta-feira (30), mas foi estendido até o final de novembro.

A prorrogação foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”. O valor total dos recursos não foi informado pela gestão peemedebista.

Com informações da Folha, Globo News e O Globo.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

O esquartejamento do Ministério do Trabalho


O Ministério do Trabalho foi extinto e suas competências e atribuições foram distribuídas em quatro outros ministérios (Economia, Justiça e Segurança, Cidadania e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) com dupla finalidade. De um lado, facilitar a implementação da reforma trabalhista, inclusi

Ler mais

Nordeste, a terceira arma de Bolsonaro


O Nordeste deve ser a terceira arma do capitão-mor Jair Bolsonaro para transformar as expectativas da campanha eleitoral num governo bem-sucedido. A deixa foi dada pelo general Augusto Heleno, futuro ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) do governo eleito.

Ler mais

O otimismo com a Era Bolsonaro deve muito a Era Temer


O presidente Michel Temer deixará a Presidência da República menos injustiçado do que creem seus aliados, mas mais injustiçado do que detratam seus adversários. Contra a tendência simplificadora das análises sintéticas das redes sociais, muitas ações na política não são preto no branco.

Ler mais

A lógica da relação do governo Bolsonaro com o Congresso


O presidente eleito, sob o argumento de que a estrutura partidária está viciada e só age à base do toma lá dá cá, fez campanha prometendo que não negociaria com os partidos a formação de seu governo, mas, tão logo eleito, passou a negociar indicações com as bancadas informais, temáticas

Ler mais