clipping-politica-brasileira

Leitura Obrigatória: Temer faz discurso sobre meta de inflação

Imprimir

Numa tentativa de demonstrar força política, o presidente Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais, nesta sexta-feira, para comemorar a aprovação de medidas importantes para o governo e a redução da meta de inflação. Apesar do discurso, a reforma da Previdência, principal bandeira da gestão Temer, segue paralisada no Congresso, pronta para ir a plenário. Veja o vídeo completo:

Aécio no Senado e Loures em casa

A defesa de Rocha Loures, pediu ontem no Supremo Tribunal Federal (STF), que o deputado afastado tivesse o benefício da prisão domicilar. Edson Fachin foi além e concedeu liberdade ao “deputado da mala” que está às vésperas de ser pai.

Em outra decisão inesperada, o ministro do Supremo, Marco Aurélio Mello, negou o pedido de prisão e devolveu o mandato de senador à Aécio Neves. Ele poderia também voltar ao comando do PSDB do qual se licenciou na época das denúncias, no entanto lideranças do partido, como Geraldo Alckmin, não apoiam sua volta.

Balcão de negócios

Após denúncia contra o presidente Michel Temer ser lida na Câmara dos Deputados, ele prorrogou prazo de pagamento de emendas parlamentares impositivas referentes ao exercício financeiro de 2015.

O limite para o pagamento dos chamados restos a pagar expirava nesta nesta sexta-feira (30), mas foi estendido até o final de novembro.

A prorrogação foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”. O valor total dos recursos não foi informado pela gestão peemedebista.

Com informações da Folha, Globo News e O Globo.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Justiça tem que ser para todos


Os últimos 33 anos no Brasil tiveram a marca indelével de três partidos: MDB, PSDB & PT. Neste interregno, quase tudo de bom, quase tudo de mau que ocorreu em terras brasilianas teve a participação da tríade.

Ler mais

Serie eleições 2018: priorizar o resgate da política.


O principal desafio da sociedade e das instituições, além dos próprios candidatos ao pleito de 2018, é superar a desilusão com a política. É preciso resgatar a importância da principal ou da única forma de resolução dos problemas coletivos fora do emprego da violência.

Ler mais

Por enquanto, espontânea e rejeição é o que interessa nas pesquisas


O alvoroço em torno das pesquisas de intenção de voto se justifica. Afinal, o grau de credibilidade de alguns institutos de pesquisa, como o Datafolha, torna-se um dos poucos referenciais concretos diante do achismo de palpiteiros.

Ler mais