michel-temer

Paraná Pesquisa (Parte I): Delação da JBS abala imagem de Temer

Imprimir

Pesquisa realizada pelo Instituto Paraná aponta que a delação de executivos da JBS provocou um forte abalo na imagem do presidente Michel Temer (veja tabela abaixo), fazendo a avaliação negativa do governo (ruim/péssimo) superar os 70%.

Paraná pesquisa Temer

Vale destacar que segundo a sondagem apenas 0,9% dos entrevistados avaliam o governo Temer como ótimo. No outro extremo, 54,7% classificam a atual gestão como péssima.

Quando os entrevistados são questionados se aprovam ou desaprovam o governo Michel Temer, apenas 12,2% dizem aprovar. Por outro lado, 84% desaprovam a atual administração.

Delação da JBS

A elevada desaprovação de Michel Temer é consequência, principalmente, dos desdobramentos negativos causados pela revelação da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, da JBS, com o presidente.

Prova disso é o fato de 80,3% dos entrevistados afirmarem que Temer “cometeu algum crime” na conversa com o empresário. Apenas 12,9% entendem que o presidente “não cometeu nenhum crime”.

Além do elevado desemprego (mais de 13%), o que dificulta a percepção dos brasileiros sobre as melhorias na economia, a imagem da corrupção também abala a gestão Michel Temer.

Segundo a pesquisa, 59,7% dos entrevistados dizem que a corrupção na gestão Temer é “igual a do governo Dilma Rousseff”. 24,8% entendem que a corrupção é maior agora que no governo anterior, enquanto apenas 12,6% responderam que a corrupção era menor com Dilma que com Temer.

Veja a continuação desta pesquisa:

PARANÁ PESQUISA (PARTE II): ELEIÇÕES INDIRETAS TEM BAIXO RESPALDO POPULAR
PARANÁ PESQUISA (PARTE III): ESPAÇO PARA O EMBATE ENTRE LULISMO X “ANTI-POLÍTICA”

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados