clipping-politica-brasileira

Leitura obrigatória: PGR denuncia presidente Temer por corrupção passiva

Imprimir

Conforme esperado, o procurador-geral da República Rodrigo Janot apresentou a denúncia contra o presidente Michel Temer. É a primeira vez na história do país que o Supremo Tribunal Federal pede autorização à Câmara para investigar o presidente por corrupção durante o exercício do mandato.

Corrupção Passiva

Na peça apresentada ao ministro do STF, Edson Fachin, Janot diz que Temer e Loures usaram de seus cargos para receber dinheiro em benefício próprio e pede a condenação dos dois por corrupção passiva. Veja o texto completo da denúncia.

Blindagem na CCJ

O Planalto aguardava a denúncia até amanhã e o presidente já havia se reunido com aliados e advogados para traçar a estratégia de defesa e buscar apoio para barrar a investigação na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Alguns deputados com posição contrária à Temer já perderam suas cadeiras na CCJ na tentativa da base aliada de blindar o peemedebista.

Os advogados de Temer tentarão esvaziar a denúncia, que se baseia principalmente na gravação de Joesley Batista. No entanto, acredita-se que Janot apresentará outras denúncias contra Temer nos próximos dias. A Polícia Federal já apresentou laudo que não foram feitos cortes na gravação, diferente do que afirmou a defesa do presidente.

Temer tem pressa para resolver o assunto e busca apoio dos deputados sugerindo que a movimentação de Janot para perdoar os crimes de caixa 2 seja uma caça aos votos para autorização da investigação contra ele.

Com informações da Globo News, Estadão e Folha.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

A lógica da relação do governo Bolsonaro com o Congresso


O presidente eleito, sob o argumento de que a estrutura partidária está viciada e só age à base do toma lá dá cá, fez campanha prometendo que não negociaria com os partidos a formação de seu governo, mas, tão logo eleito, passou a negociar indicações com as bancadas informais, temáticas

Ler mais

Intelectuais atiram em Bolsonaro, mas acertam no PT


A ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República provocou histeria nos intelectuais da chamada esquerda. Diante da desconcertante simplificação da realidade por parte do capitão reformado, a elite acadêmica tem reagido com espasmos carentes de razão.

Ler mais

Menos violência & mais emprego, as armas de Bolsonaro


O capitão-mor Jair Bolsonaro vem antecipando, há quatro semanas, as políticas públicas do País a partir de 1º de janeiro, quando assumirá a presidência da República. Suas entrevistas e monólogos virtuais têm indicado o rumo para o meio ambiente, a política exterior e até a formulação das provas

Ler mais

Intelectuais atiram em Bolsonaro, mas acertam no PT


A ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República provocou histeria nos intelectuais da chamada esquerda. Diante da desconcertante simplificação da realidade por parte do capitão reformado, a elite acadêmica tem reagido com espasmos carentes de razão.

Ler mais