clipping-politica-brasileira

Fachin determina prisão imediata de Maluf

Imprimir

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, rejeita os embargos de declaração e infringentes da defesa do deputado Paulo Maluf e determina que ele comece a cumprir a pena de 7 anos e 9 meses imediatamente. Maluf foi condenado por lavagem de dinheiro proveniente de obras da Avenida Águas Espraiadas, entre 1993 e 1997, quando era prefeito da capital paulista. Por ter 85 anos o deputado paulista tem o direito a cumprir em regime semi-aberto ou domiciliar, resta saber o que o STF determinará.

Toffoli e Mendes votam contra desmembramento do “quadrilhão do PMDB”

Os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes, em desacordo com a decisão de Edson Fachin pelo desmembramento do caso do “quadrilhão do PMDB na Câmara” votaram por retirar do juiz federal Sérgio Moro as investigações contra  o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). A discussão gira em torno da abrangência da imunidade presidencial nesse caso.

Marcelo Odebrecht deixa a prisão depois de 2 anos e meio

Após cumprir dois anos e meio de prisão em regime fechado em Curitiba, o empresário Marcelo Odebrecht teve progressão de pena para prisão domiciliar em regime fechado. Serão mais dois anos e meio onde o empresário só poderá sair de sua mansão no Morumbi duas vezes, uma para a formatura da filha em 2018 o controle será feito por meio do uso permanente de uma tornozeleira eletrônica. Poderá nesse período receber visitas de 15 pessoas previamente cadastradas na justiça e sair para atendimentos de saúde. Após esse período Marcelo passará para o regime semi aberto com reclusão noturna, finais de semana e feriados e depois regime aberto com recolhimento domiciliar noturno apenas nos finais de semana e feriados.

Com informações da Folha, Estadão e Globo News

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Os três setores do sistema social no governo Bolsonaro


Com base nas propostas de campanha, no pensamento do presidente eleito, na visão de mundo e na trajetória das equipes (econômica, política e de infraestrutura militar), que darão rumo ao novo governo, bem como na grave crise fiscal em curso, é possível antecipar que o mercado será o mais beneficiado

Ler mais

Se for bem-sucedido, o STF pode ficar pequeno para Sergio Moro


Ao aceitar o cargo de ministro da Justiça do Governo Jair Bolsonaro, o juiz Sergio Moro dobrou a aposta no tabuleiro político brasileiro. Caso seja bem-sucedido, ele não se cacifa apenas para uma vaga no STF, mas pode almejar a Presidência da República.

Ler mais