agenda-politica-brasileira

Minha Casa, Minha Vida: governo entrega 22.500 unidades

Imprimir

1. O governo entrega 22.500 unidades habitacionais em todo o país pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Veja outros destaques da agenda de hoje:

2. O presidente Michel Temer participa da assinatura do Programa de Saneamento para Todos às 9h30. Às 10h tem reunião com o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) e, às 10h30, com o senador Raimundo Lira, líder do PMDB no Senado.

3. A Confederação Nacional da Indústria divulga, às 10h, pesquisa CNI-Ibope sobre avaliação do governo Temer.

4. A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara realiza audiência pública para debater a cobrança de multas e encargos no âmbito da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional com o secretário da Receita Federal Jorge Rachid; o procurador-geral da Fazenda Nacional, Fabrício da Soller; e o vice- presidente da Associação Comercial de Sâo Paulo, Roberto Mateus Ordine, entre outros.

5. A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara realiza audiência Pública para obter esclarecimentos acerca dos critérios dos programas habitacionais conduzidos pelo Ministério das Cidades com o ministro Alexandre Baldy.

6. A Comissão Especial da Câmara sobre Regulação de Moedas Virtuais pelo Banco Central (PL 2303/15) realiza audiência pública sobre o tema com o advogado em Direito Bancário, do Mercado Financeiro e de Capitais e professor do Insper, Marcelo Godke, o advogado especialista em Direito de Mercado Financeiro e de Capitais e sócio do Tozzini Freire Advogados, Rodrigo Vieira, e o presidente da Associação Brasileira de Equity Crowdfunding, especialista em Direito Digital e das novas Tecnologias, Diego Perez.

7. O presidente do Banco central, Ilan Goldfajn, reúne-se com o ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, a secretária do Tesouro nacional Ana Paula Vescovi, e executivos da Caixa para debater sobre o Fundo de Compensação de Variações Cambiais.

8. A Secretaria de Aviação Civil divulga estudo da demanda do setor aéreo nos próximos 20 anos.

9. O Ministério do Trabalho divulga os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de novembro.

10. A Secretaria do Tesouro Nacional divulga a dívida pública de novembro.

11. O Banco central divulga o Investimento Direto no País em Novembro.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem abrir espaço à renovação, o PT engessa a esquerda conservadora


As coligações para o pleito de 7 de outubro confirmaram a tendência monopolista do PT de Lula. Num momento que pode se caracterizar por uma inflexão na história brasiliana, a sigla interditou o debate na esquerda conservadora.

Ler mais

O “messianismo” espreita o pleito de 2018, adverte Pedro Malan


Momentos de grande desilusão são portas de entrada para salvadores da pátria. Com a maioria dos eleitores fartos com todos os políticos, os eleitores de 2018 flertam com o messianismo.

Ler mais

80,16% dos deputados estaduais concorrem à reeleição


Levantamento das empresas Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical e MonitorLeg Comunicação Legislativa conclui que a renovação nas Assembleias Legislativas tende a ser baixa, especialmente em função do elevado percentual de candidatos à reeleição: 80,16%.

Ler mais

Câmara dos Deputados: renovação ou circulação no poder?


A próxima composição da Câmara dos Deputados terá o menor índice de renovação real, entendendo-se como tal apenas os nomes que nunca ocuparam cargos públicos. A renovação real será absolutamente residual. O que haverá será uma circulação no poder.

Ler mais