agenda-politica-brasileira

Minha Casa, Minha Vida: governo entrega 22.500 unidades

Imprimir

1. O governo entrega 22.500 unidades habitacionais em todo o país pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Veja outros destaques da agenda de hoje:

2. O presidente Michel Temer participa da assinatura do Programa de Saneamento para Todos às 9h30. Às 10h tem reunião com o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) e, às 10h30, com o senador Raimundo Lira, líder do PMDB no Senado.

3. A Confederação Nacional da Indústria divulga, às 10h, pesquisa CNI-Ibope sobre avaliação do governo Temer.

4. A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara realiza audiência pública para debater a cobrança de multas e encargos no âmbito da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional com o secretário da Receita Federal Jorge Rachid; o procurador-geral da Fazenda Nacional, Fabrício da Soller; e o vice- presidente da Associação Comercial de Sâo Paulo, Roberto Mateus Ordine, entre outros.

5. A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara realiza audiência Pública para obter esclarecimentos acerca dos critérios dos programas habitacionais conduzidos pelo Ministério das Cidades com o ministro Alexandre Baldy.

6. A Comissão Especial da Câmara sobre Regulação de Moedas Virtuais pelo Banco Central (PL 2303/15) realiza audiência pública sobre o tema com o advogado em Direito Bancário, do Mercado Financeiro e de Capitais e professor do Insper, Marcelo Godke, o advogado especialista em Direito de Mercado Financeiro e de Capitais e sócio do Tozzini Freire Advogados, Rodrigo Vieira, e o presidente da Associação Brasileira de Equity Crowdfunding, especialista em Direito Digital e das novas Tecnologias, Diego Perez.

7. O presidente do Banco central, Ilan Goldfajn, reúne-se com o ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, a secretária do Tesouro nacional Ana Paula Vescovi, e executivos da Caixa para debater sobre o Fundo de Compensação de Variações Cambiais.

8. A Secretaria de Aviação Civil divulga estudo da demanda do setor aéreo nos próximos 20 anos.

9. O Ministério do Trabalho divulga os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de novembro.

10. A Secretaria do Tesouro Nacional divulga a dívida pública de novembro.

11. O Banco central divulga o Investimento Direto no País em Novembro.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Os três setores do sistema social no governo Bolsonaro


Com base nas propostas de campanha, no pensamento do presidente eleito, na visão de mundo e na trajetória das equipes (econômica, política e de infraestrutura militar), que darão rumo ao novo governo, bem como na grave crise fiscal em curso, é possível antecipar que o mercado será o mais beneficiado

Ler mais

Se for bem-sucedido, o STF pode ficar pequeno para Sergio Moro


Ao aceitar o cargo de ministro da Justiça do Governo Jair Bolsonaro, o juiz Sergio Moro dobrou a aposta no tabuleiro político brasileiro. Caso seja bem-sucedido, ele não se cacifa apenas para uma vaga no STF, mas pode almejar a Presidência da República.

Ler mais