oposicao

Oposição não tem votos para impeachment

Imprimir

A oposição anda preocupada com o rumo do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Faz reunião de emergência com o ex-presidente Fernando Henrique Cardozo, nesta sexta-feira (1), para mapear os votos favoráveis ao impedimento de Dilma. Entre caciques tucanos, a avaliação é que a oposição não tem o número de deputados suficientes para alcançar o quórum de 342 votos para o impeachment.

Lula comanda articulação

O ex-presidente Lula encerra a semana como importante articulador político do governo federal. No início da semana, antes do rompimento do PMDB, deputados e senadores aliados se recusavam a encontrá-lo. Na quinta-feira (31), os parlamentares indecisos procuravam o ex-presidente. Lula, outra vez, socorre a presidente Dilma.

Quem dá mais

Está intensa a oferta de ministérios para os partidos aliados. O senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional do PP, se comprometeu com a bancada da Câmara a não aceitar nenhuma pasta até 11 de abril. Pode até não aceitar, mas vem negociando mais espaço no governo Dilma. Após a janela de transferência partidária, o PP chegou a 51 deputados, a terceira maior bancada da Câmara.

Fundos de pensão

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que discute irregularidades nos fundos de pensão apresentará o relatório final em 7 de abril. É o que garante o presidente da CPI, deputado Efraim Filho (DEM-PB).

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

Sem abrir espaço à renovação, o PT engessa a esquerda conservadora


As coligações para o pleito de 7 de outubro confirmaram a tendência monopolista do PT de Lula. Num momento que pode se caracterizar por uma inflexão na história brasiliana, a sigla interditou o debate na esquerda conservadora.

Ler mais

O “messianismo” espreita o pleito de 2018, adverte Pedro Malan


Momentos de grande desilusão são portas de entrada para salvadores da pátria. Com a maioria dos eleitores fartos com todos os políticos, os eleitores de 2018 flertam com o messianismo.

Ler mais

80,16% dos deputados estaduais concorrem à reeleição


Levantamento das empresas Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical e MonitorLeg Comunicação Legislativa conclui que a renovação nas Assembleias Legislativas tende a ser baixa, especialmente em função do elevado percentual de candidatos à reeleição: 80,16%.

Ler mais

Câmara dos Deputados: renovação ou circulação no poder?


A próxima composição da Câmara dos Deputados terá o menor índice de renovação real, entendendo-se como tal apenas os nomes que nunca ocuparam cargos públicos. A renovação real será absolutamente residual. O que haverá será uma circulação no poder.

Ler mais