dilma

Agenda: Começa prazo para Dilma explicar contas de 2015

Imprimir

Começa a contar o prazo de 30 dias para que a presidente afastada, Dilma Rousseff, apresente ao Tribunal de Contas da União (TCU) a defesa sobre as contas de seu governo relativas a 2015. Outros principais eventos desta segunda-feira são:

1. Último dia para o presidente em exercício Michel Temer sancionar a medida provisória que trata de aumento do *capital estrangeiro nas empresas aéreas*.

2. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participa do seminário Reforma Fiscal, promovido por FGV e Firjan.

3. O Tesouro Nacional divulga o relatório mensal da dívida pública de junho.

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

A lógica da relação do governo Bolsonaro com o Congresso


O presidente eleito, sob o argumento de que a estrutura partidária está viciada e só age à base do toma lá dá cá, fez campanha prometendo que não negociaria com os partidos a formação de seu governo, mas, tão logo eleito, passou a negociar indicações com as bancadas informais, temáticas

Ler mais

Intelectuais atiram em Bolsonaro, mas acertam no PT


A ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República provocou histeria nos intelectuais da chamada esquerda. Diante da desconcertante simplificação da realidade por parte do capitão reformado, a elite acadêmica tem reagido com espasmos carentes de razão.

Ler mais

Menos violência & mais emprego, as armas de Bolsonaro


O capitão-mor Jair Bolsonaro vem antecipando, há quatro semanas, as políticas públicas do País a partir de 1º de janeiro, quando assumirá a presidência da República. Suas entrevistas e monólogos virtuais têm indicado o rumo para o meio ambiente, a política exterior e até a formulação das provas

Ler mais

Intelectuais atiram em Bolsonaro, mas acertam no PT


A ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República provocou histeria nos intelectuais da chamada esquerda. Diante da desconcertante simplificação da realidade por parte do capitão reformado, a elite acadêmica tem reagido com espasmos carentes de razão.

Ler mais