michel-temer

Ignorando os opositores Temer sobrevive

Imprimir

De presidente interino a efetivo Michel Temer completa hoje (12) um ano no Palácio do Planalto. Logo na largada o car;ater formal de seus pronunciamentos gerou um certo estranhamento com o uso de estruturas rebuscadas como a mesóclise (que gerou uma infinidade de críticas e memes na internet). Pouco a pouco, a retórica de Temer foi sendo suavizada. No entanto, as crises, quedas de ministros, protestos e a delação da Odebrecht, fizeram o presidente endurecer o tom ou as vezes simplesmente ignorar os fatos.

O BPB fez uma seleção de frases emblemáticas, veja:

  1. “O povo precisa colaborar e aplaudir as medidas que venhamos a tomar.” (Discurso de posse como interino – 12/05/2016)

Brazilian President Michel Temer speaks during the opening of the 3rd National Meeting of the Brazilian Institute of Geography and Statistics in Brasilia on May 8, 2017. Temer completes this week the first year of his term, following the impeachment of President Dilma Rousseff, and faces several protests against his retirement and labour reforms. / AFP PHOTO / EVARISTO SA

  1. “Vou insistir nesse discurso. Na verdade, são pequenos grupos, parece que são grupos mínimos, né? Não são movimentos populares de muito peso. Não tenho numericamente, mas são 40, 50, 100 pessoas, nada mais do que isso.” (Minimizando protestos contra o impeachment, que reuniram milhares de pessoas em 25 estados e DF, durante a viagem de Temer à China para a cúpula do G20)

temer duvidoso

  1. “Enquanto interinos nós todos agimos como se fôssemos titulares efetivos. Mas, evidentemente, que a interinidade sempre deixava uma certa preocupação do tipo, até onde podemos ir, até onde não devemos ir”. (Discurso durante abertura da Reunião Ministerial – 31/08/2016)

temer dilma

  1. “Discussões inúteis. O que importa é que a água chegou lá. (…) Ao invés de discutir que a água chegou lá, discute quem é o pai. O Lula fez o trabalho dele, sem dúvida alguma, como fez a ex-presidente Dilma (…) Quem quiser ter a paternidade, que tenha. Eu não invoquei a paternidade, eu invoquei a paternidade de quem realmente a merece, que é o povo.” (Inauguração do eixo leste da transposição das águas do São Francisco – 10/03/2017)

(Monteiro - PB, 10/03/2017) Cerimônia de chegada das Águas do Rio São Francisco à Paraíba. Foto: Beto Barata/PR

  1. “Na economia também a mulher tem grande participação. Ninguém mais é capaz de indicar os desajustes de preços no supermercado do que a mulher.” (Declarações durante evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher – 08/03/2017)

temer marcela

  1. “Eu não pratico atos populistas. Eu faço distinção entre populismo e popularidade. Quando pratica atos populistas, são aquelas que agradam de imediato o povo, mas que são meio irresponsáveis, porque geram prejuízo posterior muito grande. A popularidade, não. A popularidade depende do que você faz hoje para ser reconhecido amanhã.” (Em entrevista à Roberto D’Ávila na Globo News sobre queda na popularidade)

temer confiante

  1. “Quem reclama é na verdade quem ganha muito mais, muito acima desses tetos. Quem tem aposentadoria precoce, quem tem antes da Previdência geral”. (Sobre protestos contra a reforma da previdência em reunião no Palácio do Planalto com Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – 07/03/2017)

temer previdencia

  1. “Eu não abro mão da popularidade. Dizem que há impopularidade. Isso me incomoda? Não, digamos assim, é desagradável, mas não me incomoda para governar.” (Café da manhã com jornalistas – 22/12/2016)

temer alegre

  1. “Não tenho pensado nisso (em renunciar). (…) Havendo uma decisão do TSE por cassar a chapa, haverá recursos e mais recursos.” (Café da manhã com jornalistas – 22/12/2016)

michel temer japan house

  1. “Não importa se é ponte ou pinguela. Importa atravessá-la.” (Resposta a FHC que comparou o presidente com uma pinguela) (café da manhã com jornalistas – 22/12/2016)

FHC temer

  1. “O Judiciário, o Executivo, o Legislativo e o brasileiro é naturalmente um povo otimista, um povo que não tem pessimismo em nenhum instante. Por isso é que nós dizemos: aconteça o que acontecer, haja protestos, não haja protestos, o Brasil continua e continuará a trabalhar”. (Evento em São Paulo, dois dias depois da greve geral de 28 de março convocada pelas centrais sindicais – 30/04/2017)temer aprovação agenda política
  2. “Jamais colocaria a minha biografia em risco. O verdadeiro homem público tem que estar à altura de seus desafios, que envolve bons momentos e momentos de profundo desconforto”. (Pronunciamento sobre delação de Mario Faria, ex executivo da Odebrecht – 13/04/2017)16/05/2016- Brasília- DF, Brasil-  16-05-2016- O presidente interino, Michel Temer, durante reunião com organizadores da olímpiada do Rio. Foto Lula Marques/Agência PT
  3. “Olha, acho que devo ter errado. Mas confesso, vai parecer pretensioso, eu não consigo detectar onde errei.” – Michel Temer sobre seu primeiro ano como Presidente da República

Temer vaidoso

Loading Facebook Comments ...

Artigos relacionados

O servidor na regra de transição da reforma de previdência


A Proposta de Emenda à Constituição 6/19, encaminhada ao Congresso pelo governo Jair Bolsonaro no dia 20 de fevereiro, faz a opção pela desconstitucionalização das regras previdenciárias, remetendo para a lei complementar a definição dos regimes previdenciários.

Ler mais

Aposentadoria do servidor no governo Bolsonaro


Vamos tentar explicar, do modo o mais didático possível, como ficarão as aposentadorias e pensões na reforma da previdência do Governo Bolsonaro, caso prevaleça a minuta que vazou no último dia 28 de janeiro.

Ler mais

Reforma da previdência de Bolsonaro para o regime geral


A proposta de reforma da previdência do governo Jair Bolsonaro, de acordo com a versão a que tivemos acesso, amplia as exigências para a concessão de benefícios do regime geral, com aumento da idade mínima, ampliação do tempo de contribuição e redução do valor dos benefícios, além de abrir caminho

Ler mais

O servidor público na reforma da previdência de Bolsonaro


A proposta de reforma da previdência do governo Jair Bolsonaro, segundo versão a que tivemos acesso, pretende unificar as regras dos regimes geral e próprio, impondo novas exigências para a concessão de benefícios, que alcançam a todos os segurados, em particular aos servidores públicos

Ler mais